Entenda os segredos da tela inquebrável do Moto X Force

Confira como funciona a tecnologia ShatterShield desenvolvida pela Motorola

Publicado em 26/11/2015

O smartphone top de linha da Motorola Moto X Force, desde sua chegada chegada nas lojas brasileiras no dia 29 de outubro deste ano, está encantando os consumidores que sempre sonharam com um celular resistente. Mas como funciona a tão sonhada tela "inquebrável" do Moto X Force? Será que o preço por ela vale a pena? Entenda como funciona a tela do aparelho.

Está comprovado que a tela se sobressai aos modelos GorillaGlass fabricados pela Corning. Segundo a Motorola a proteção é composta por 5 camadas diferentes que quando unidas se tornam resistentes a colisões. Conheça cada nível de proteção.

Primeira Camada

Sem detalhes, a Motorola afirma que a primeira camada é coberta por um revestimento especial resistente a riscos e atua como linha primária de proteção contra danos. 

Segunda Camada

A segunda camada trata de um material transparente bem mais flexível que o vidro, permitindo absorver mais energia em caso de colisões. 

Terceira Camada

Essa camada é responsável pelo Touch Screen do Moto X Force para identificar os sensíveis toques dos usuários. Para garantir melhor funcionamento do aparelho mesmo se ele sofrer algumas quedas, a Motorola optou por utilizar duas interfaces sensíveis ao toque. Assim caso uma delas seja danificada com as quedas, a outra interface é acionada e o aparelho não para de funcionar.

Quarta Camada

A penúltima parte trata se do display AMOLED que foi desenvolvido de maneira flexível para suportar impactos agressivos na sua superfície. Além disso, a alta flexibilidade do display previne o vazamento do mesmo para não deixar o aparelho inutilizável.

Quinta Camada

A quinta e última camada de proteção da tela do Moto X Force foi desenhada para funcionar em harmonia com a tela resistente, e trata-se de um chassi de alumínio garantindo mais firmeza na hora do impacto.

Pesquisa da Motorola sobre problemas com telas quebradas

A Motorola realizou uma pesquisa antes de desenvolver a tecnologia ShatterShield. Segundo a pesquisa, 53% dos usuários tiveram problemas com telas estilhaçadas, sendo que 21% dessas pessoas continuam usar os smartphones mesmo com a tela trincada. Por isso a empresa apresenta a sua nova tecnologia como solução para esse tipo de situação.